Quando os TPC se transformam num pesadelo em tempo de férias

Quando os TPC se transformam num pesadelo em tempo de férias

Gritos, reprimendas, cansaço. Estes são alguns dos efeitos na “dinâmica familiar” dos chamados trabalhos para casa (TPC) relatados por várias mães. O PÚBLICO lançou este desafio aos leitores: se tiver filhos no 1.º ciclo de escolaridade (entre os seis e os 10 anos), conte-nos quantos trabalhos para casa vão ter de fazer nas férias da Páscoa.

Veja mais detalhes da notícia – aqui

Subsídio de Educação Especial vai voltar a ser atribuído mediante avaliação médica

Subsídio de Educação Especial vai voltar a ser atribuído mediante avaliação médica

O Subsídio de Educação Especial vai voltar a ser atribuído mediante avaliação médica.

O Governo vai revogar o protocolo que criado pelo anterior Executivo, que remetia essa competência para os agrupamentos escolares, o que provocou a exclusão de vários milhares de crianças e jovens dos apoios individuais de psicólogos e outros terapeutas.

Veja mais detalhes da notícia – aqui.

Provas de aferição marcadas para 6 e 8 de junho.

Provas de aferição marcadas para 6 e 8 de junho.

… Mas só são obrigatórias em 2017. As provas de aferição dos 2.º, 5.º e 8.º anos já têm data marcada: dia 6 de junho para a disciplina de português e dia 8 do mesmo mês para matemática. O anúncio foi feito pelo ministro da educação, Tiago Brandão Rodrigues, em Conselho de Ministros. O responsável adiantou que as provas só se tornam obrigatórias a partir do próximo ano.

No caso do primeiro ciclo quer a prova de matemática como a de português terão uma componente de estudo do meio. Mas se as escolas fundamentarem o pedido, os exames de aferição poderão não se realizar este ano. Uma solução transitória, tal como a possibilidade de se realizarem provas para os 4.º e 6.º anos.

Veja mais detalhes da notícia – aqui.

O nosso modelo escolar é do séc. XVIII e não está adaptado à realidade

O nosso modelo escolar é do séc. XVIII e não está adaptado à realidade

Se há mais de 20 anos se concluiu, a nível internacional, que o modelo escolar está esgotado, por que não se faz uma reforma profunda em vez de mudar pormenores, instabilizando alunos, professores e famílias? O especialista (Joaquim Azevedo) cita os exemplos do ensino na Finlândia e nos jesuítas catalães.

Leia a entrevista com Joaquim Azevedo (investigador e professor da Universidade Católica, doutorado em Ciências da Educação) – aqui.

Sabe onde estão os OLEÕES da freguesia de Arroios?

Sabe onde estão os OLEÕES da freguesia de Arroios?

A Rua Aquiles Monteverde é apenas um dos locais onde está disponível o equipamento que se destina à receção de óleo alimentar usado para reciclagem em Arroios. Polo da Pena, posto de limpeza do largo do Mastro e os mercados da freguesia são os restantes espaços onde se encontram os contentores para depósito de óleo. Alguns destes oleões foram instalados no âmbito do projeto “Recolha de Óleos, Lâmpadas, Rolhas, Tecidos” do Orçamento Participativo de 2015.

Esquerda quer menos alunos por turma para reduzir indisciplina

Esquerda quer menos alunos por turma para reduzir indisciplina

A indisciplina “é o maior problema das escolas” (…) Agora um estudo quantifica o problema pela primeira vez e revela que no ano passado, em 4,4% das escolas, houve 9130 ordens de expulsão nas salas, correspondentes a 4200 alunos. O que extrapolado para a realidade nacional significa mais de 200 mil participações. A solução passa pela redução de alunos por turma, a constituição de gabinetes multidisciplinares ou a formação de professores e pessoal não docente. Para já, o governo e os partidos à esquerda – PCP, Bloco de Esquerda e “Os Verdes” – concordam na necessidade de ter turmas mais pequenas. Veja mais detalhes da notícia – aqui.

Saiba mais sobre o 1º Estudo Sobre Indisciplina em Portugal com Dados das Escolas – aqui.

14ª Festa do Jazz do São Luiz

14ª Festa do Jazz do São Luiz

No Teatro São Luiz, entre 16 a 20 de março, volta a Festa do Jazz do São Luiz.  Este ano e pela primeira vez a Festa dura 5 dias e 5 noites. A abertura da Festa é realizada exclusivamente com músicos de outras partes da Europa. Haverá a entrega do prémio de composição Bernardo Sassetti na Festa (dia 17), bem como uma edição de partituras suas (19/20). Pela primeira vez teremos a comemoração dos 50 anos dos 5 minutos de Jazz na Festa (dia 17) e a RTP a filmar. E assim levamos a vida, como uma música metáfora, como se fosse a primeira vez. Improvisar é um assunto muito sério e que pode ser divertido. Deixem-se contagiar…

Saiba mais sobre a Festa do Jazz do São Luiz, aqui.

Manuais escolares gratuitos para o 1º ano

Manuais escolares gratuitos para o 1º ano

O Ministério da Educação confirmou a distribuição gratuita de manuais escolares para os alunos do 1.º ano de escolaridade a partir do próximo ano letivo. Veja mais detalhes da notícia – aqui.

Manuais escolares vão ser “oferecidos”? Ou “emprestados”? Veja mais detalhes da notícia – aqui.

O presidente da Confederação de Pais considerou positivo o anúncio da distribuição gratuita de manuais escolares para o 1.º ciclo, mas defendeu que a medida deve ser alargada a outras despesas que pesam no orçamento das famílias. Veja mais detalhes da notícia – aqui.

A Fenprof defendeu hoje que a gratuitidade dos livros escolares deve estender-se a toda a escolaridade obrigatória, e apelou a “uma política do manual”, que promova a reutilização e que não alimente o negócio das editoras. Veja mais detalhes da notícia – aqui.

Oferta e troca de livros no Monte Agudo

Oferta e troca de livros no Monte Agudo

A Biblioteca de Bolso e o Bibliotecário de Babel (do José Mário Silva), aliam-se para mais uma grandiosa oferta de livros! São centenas de livros que oferecem, no dia 13 de Março, pelas 11 horas, na pérgola do Miradouro do Monte Agudo, em Lisboa! Há um limite de 5 livros por pessoa e também podem trazer livros para trocar: tragam livros que não querem e troquem por novos. Livros para todos os gostos e feitios!

Saiba mais sobre este evento: aqui.

Programa de Férias da Páscoa na Galeria Monumental

Programa de Férias da Páscoa na Galeria Monumental

A Galeria Monumental tem um programa de férias para crianças dos 6 aos 13 anos: HISTÓRIAS ENROLADAS – oficina de histórias e expressão plástica. Nesta oficina, história a história, ponto a ponto vamos desenrolar fios e desafios, criar tramas e tecer memórias. Com lãs e cordas, nós e entrelaçados vamos dar forma à nossa criatividade. A oficina tem a duração de 4 dias (de 21 a 24 de março, das 10às 17h),  custa 65 euros e é orientada por Ana Teresa Magalhães e Inês Blanc. Saiba mais sobre a Galeria Monumental aqui: www.galeriamonumental.com

Veja o cartaz do Programa de Férias da Páscoa na Galeria Monumental aqui.