Projeto aQeduto: “O que faz uma boa escola?”

Projeto aQeduto: “O que faz uma boa escola?”

O que faz uma boa escola? A pergunta gerou mais um debate promovido pelo projeto aQeduto – avaliação, equidade e qualidade em educação que se realizou no auditório do CNE.

Uma análise sobre a organização e os recursos dos sistemas educativos da Europa mostra que “a dimensão das turmas não está relacionada com a qualidade das aprendizagens”, lê-se no último relatório do projeto aQeduto que relaciona o número de alunos por turma e as classificações obtidas nos testes de Matemática dos PISA de 2003 e de 2012.

Veja mais detalhes da notícia – aqui.

Campanha de sensibilização para não alimentar pombos

Campanha de sensibilização para não alimentar pombos
A campanha de sensibilização “Não alimente! Não suje!“esteve esta semana na Escola Sampaio Garrido, com as crianças do 3º e 4º anos. Esta campanha resultou de um projeto vencedor do Orçamento Participativo de Arroios 2015, o qual destaca a importância de não alimentar os pombos. A campanha passará pelas escolas básicas da freguesia de Arroios, e a primeira foi a escola básica Sampaio Garrido. Veja como decorreu a campanha na escola – aqui.
A disponibilização permanente de alimentos prejudica fortemente esta espécie animal, enfraquecendo-a e tornando-a mais vulnerável a doenças que podem também ser transmitidas à população.A CML já fornece diariamente alimentação adequada aos pombos, por isso, colabore e não alimente os pombos!

O Carnaval a partir de O Carnaval dos Animais de Camille Saint-Saens

O Carnaval  a partir de O Carnaval dos Animais de Camille Saint-Saens
A Companhia Nacional de Bailado apresenta em Junho, 16, 17, 18, 23, 24 e 25 às 21h e 19 e 26 às 16h, uma coreografia de Victor Hugo Pontes, no Teatro Camões (Parque das Nações).
BILHETES · 5€ a 30€
Uma raposa que tinha brincado com outra
no quintal da casa da mãe
às fábulas de La Fontaine antes de as ter lido
e que depois as leu e disse
as fábulas de La Fontaine tinham razão!
ficou com muita vontade de ir para a floresta
brincar a sério às fábulas de La Fontaine
à entrada da floresta estava uma raposa
a raposa perguntou isto é uma floresta
a sério ou a fingir?
a raposa da entrada da floresta
achou a pergunta tão ingénua
que achou que não valia a pena
estar a explicar à outra
que ali ou se come ou se é comido
e que para quem come como para quem é comido
saber se ali é uma floresta a sério ou a fingir
não é uma questão pertinente
isto aqui é uma casa particular
respondeu a raposa
e bocejou
Adília Lopes,
in Os 5 livros de versos salvaram o tio, 1991.
Dobra – Poesia Reunida 1983-2014

FIMFA Festival Internacional de Marionetas e de Formas Animadas

FIMFA Festival Internacional de Marionetas e de Formas Animadas
Maio é o mês do FIMFA, o Grande Palco da Arte das Marionetas, que chega à 16.ª edição!
O FIMFA propõe uma programação aberta a todas as tendências da marioneta contemporânea.
Espectáculos invulgares, atracções insólitas na rua, workshops e outras surpresas, constituem o universo do FIMFA.
Um convite à descoberta do mundo com outro olhar…

FIMFA Festival Internacional de Marionetas e de Formas Animadas

FIMFA Lx16_Tarumba

 

Atletas do LGC apurados para os Jogos Olímpicos

Atletas do LGC apurados para os Jogos Olímpicos
Gustavo Simões, na modalidade de ginástica artística, e Ana Rente, na modalidade de trampolins, foram apurados para os Jogos Olímpicos 2016. Diogo Ganchinho, também na modalidade de trampolins, recebeu a medalha de bronze no Test Event Rio 2016. Os atletas do Lisboa Ginásio Clube estão de parabéns e resta-nos desejar-lhe muita energia para mais uma etapa!
Mais informações – aqui.
A Arroios TV falou com o atleta olímpico Gustavo Simões! Veja – aqui.

Pedibus da EB1 Sampaio Garrido está mesmo a começar

Pedibus da EB1 Sampaio Garrido está mesmo a começar

Pedibus terá início com cariz experimental nos dias 26 e 27 de abril e será colocado em prática a partir de maio. Foram definidos 3 percursos experimentais, de acordo com as inscrições existentes de crianças e de pais/mães como voluntários. Para que as crianças possam participar nesta atividade, é necessário que os encarregados de educação autorizem e preencham a Declaração de Participação de Alunos e enviem para a APSI. Consoante o local onde viva, inscreva as suas crianças no trajeto que mais se adequa à deslocação destas para a escola. Por outro lado, se é encarregado de educação e se tem interesse em conduzir um PEDIBUS, até ao final do ano letivo e inclusive no próximo ano, os trajetos poderão ser alterados, com vista a exponenciar o maior número de crianças participantes nesta atividade.

O Pedibus é a 2ª atividade do projeto Ruas do Bairro, Amigas da Criança, desenvolvido pela APSI (Associação para a Promoção da Segurança Infantil), em parceria com a ACA-M, o Agrupamento de Escolas Nuno Gonçalves e a APEE Sampaio Garrido e financiado pelo programa BIP/ZIP da CML. Saiba mais sobre a atividade do Pedibus e sobre o projeto Ruas do Bairro, Amigas da Criança aqui.

Reunião Geral da APEE Sampaio Garrido

Reunião Geral da APEE Sampaio Garrido

Na última Quarta-feira, dia 20 de abril, pelas 17h45, realizou-se na escola uma Reunião Geral da APEE Sampaio Garrido. Foram transmitidas informações sobre o trabalho que tem sido desenvolvido pela APEE, e falou-se sobre as atividades já efetuadas e que ainda estão para acontecer; festas, conversas entre pais, e muito mais. Alguns dos temas discutidos foram:

  • Objetivos da APEE para o ano letivo 2015/2016 e o Plano de Atividades: o que já aconteceu e o que ainda vai acontecer;
  • Ação da APEE na CSFA (Comissão Social da freguesia de Arroios) e no Conselho Geral do Agrupamento de Escolas Nuno Gonçalves;
  • Atividades planeadas pela escola para celebrar o dia da criança;
  • Informações sobre o projeto de reabilitação da escola e sobre as obras que se vão iniciar;
  • Assuntos considerados relevantes pelos presentes (a alimentação na escola, as AEC, o CAF, a mudança no próximo ano letivo para Escola D. Luisa de Gusmão, etc).

Música para Bebés na Biblioteca da Penha de França

Música para Bebés na Biblioteca da Penha de França

A atividade mensal de Música para Bebés dinamizada pelo Conservatório de Música de Sintra em parceria com as Bibliotecas Municipais de Lisboa, prossegue este sábado, 23 de Abril, com duas sessões na Biblioteca da Penha de França, às 15.45h e às 16.45h.

Numa mão-cheia de canções para levar para casa, promove-se a participação ativa de pais e filhos e o contacto das crianças com instrumentos musicais Orff, sob a orientação de Paulo Cordeiro.

A atividade dirige-se a bebés a partir dos 9 meses e tem um custo de 12,00 € para um bebé e até dois adultos. As inscrições efetuam-se online no endereço: http://www.conservatoriodemusicadesintra.org/musica-para-bebes-nas-bibliotecas-de-lisboa.html.

A Biblioteca da Penha de França situa-se na Rua Francisco Pedro Curado, 6A, junto à EB 2,3 Nuno Gonçalves.

Alargamento do pré-escolar da rede pública

Alargamento do pré-escolar da rede pública

Diretores queixam-se de falta de espaço para receber alunos de 4 anos. Ministério conta com setor social.

A partir de setembro, as crianças de 4 anos passam a ter lugar garantido na educação pré-escolar da rede pública, que até agora só garantia vagas para as de 5. E até 2018-19 essa oferta ficará disponível para as crianças com 3 anos.

Mas no imediato há escolas que não sabem como vão organizar o próximo ano, pois não têm salas nem funcionários suficientes para receber alunos mais novos. (…) o Ministério da Educação explicou que o alargamento da oferta será gradual e que a rede pública inclui também as Instituições Particulares de Solidariedade Social.

Veja mais detalhes da notícia – aqui.