Oficinas do “Bairro ao Espelho” na EB1 Sampaio Garrido

Oficinas do “Bairro ao Espelho” na EB1 Sampaio Garrido

O projeto BAIRRO AO ESPELHO é um laboratório de experimentação artística que aposta no envolvimento da população da zona dos Anjos, a quem oferece um conjunto de oficinas/ ateliês de criação, desde desenho, pintura, escrita criativa ilustrada, até fotografia, som, vídeo e arquitetura, convidando à participação de todos. Saiba mais sobre o projeto BAIRRO AO ESPELHOaqui!

No dia 23 de Janeiro iniciou-se mais um ateliê na EB1 Sampaio Garrido:  a Oficina de Arquitectura, com uma primeira sessão com os alunos das turmas 3ºA e 3ºB . Falou-se sobre a história do Bairro e da sua construção, observaram-se mapas antigos, plantas e fotografias das suas ruas e de pormenores dos seus edifícios e a partir das respostas a perguntas como “a que cheira o Bairro?”, “que cores tem o Bairro?” ou “quem mora no Bairro?”, desenhou-se um novo mapeamento do nosso Bairro das Colónias. Saiba mais sobre a Oficina de Arquitectura aqui!

Esta primeira sessão da Oficina de Arquitetura, foi acompanhada por uma equipa da Arroios TV que fez uma reportagem. Veja a reportagem – aqui!

Este projeto já tinha concretizado, também na EB1 Sampaio Garrido, um ateliê de Escrita Criativa Ilustrada. Entre novembro e dezembro de 2016, as duas turmas do 4º ano foram construindo uma história e ilustrações com vista à elaboração de um livro ilustrado. Saiba mais sobre o ateliê de Escrita Criativa Ilustradaaqui!

Bairro ao espelho escrita ilustrada

Lançamento da programação da bienal BoCA

Lançamento da programação da bienal BoCA

A primeira edição da bienal de artes contemporâneas BoCA arranca no Teatro D. Maria II e decorrerá, simultaneamente, em vários espaços de Lisboa e do Porto, entre 17 de março e 30 de abril. A bienal inicia um conceito colaborativo inédito entre instituições culturais e artistas, cruzando públicos diversos e fomentando o pensamento sobre o contexto socio-cultural do presente e do futuro. A sua programação alimenta a reconfiguração dos campos artísticos, fazendo cruzamentos entre artes visuais, artes cénicas, performance art e música.

No dia 6 de fevereiro, às 17h, poderá descobrir todos os detalhes do projeto, os seus campos de ação, a sua equipa e os seus parceiros. Neste dia, que culminará com um DJ set de CVLT, será ainda apresentada a performance Shirtologie, de Jérôme Bel.  Saiba mais – aqui!

Programação do S. Luiz Mais Novos

Programação do S. Luiz Mais Novos

No teatro municipal S. Luiz, o São Luiz Mais Novos já tem o seu programa completo para a temporada de janeiro a julho de 2017. Para janeiro e fevereiro sugere-se:

Em janeiro terá início a POESIA-ME, um ciclo de leituras para a infância com coordenação e seleção de textos de Inês Fonseca Santos. Um lanche poético para os mais novos em que as palavras se encontram entre bolos, bolachas e sumos. A primeira sessão é a 28 janeiro.

A 25 e 26 de fevereiro haverá SYN.TROPIA – é música para surdos dirigido ao público em geral. Uma proposta de música e dança, pensado a partir do paradigma de quem não ouve. Ouvintes e não ouvintes, à escuta. Não há tradução, todos ouvem com o corpo promovendo a igualdade de circunstâncias de fruição, elevado o estatuto da escuta a todos os sentidos.

Veja o programa completo do São Luiz Mais Novos para janeiro a julho de 2017 – aqui!

Celebrações do Ano Novo Chinês

Celebrações do Ano Novo Chinês

E estão quase aí, mais uma vez, as celebrações do Ano Novo Chinês. No próximo sábado, dia 21 de janeiro, pelas 11h, o já tradicional desfile que abre estas festividades na cidade de Lisboa sai da Igreja dos Anjos, pela Avenida Almirante Reis, até ao Martim Moniz, onde (programa completo em anexo e em baixo). juntem-se à comunidade chinesa para mais uma festa! Feliz Ano do Galo!

Pode consultar o programa das celebrações – aqui!

Para quando o início das obras na Sampaio Garrido?

Para quando o início das obras na Sampaio Garrido?

No dia 11 de janeiro, nas reuniões de turma, os Professores Titulares procederam à leitura de um e-mail enviado pela CML, sobre o início das obras na EB1 Sampaio Garrido; dizia que, se tudo corresse bem, as obras começariam no máximo em finais de março do corrente ano.

A APEE Sampaio Garrido tinha já enviado, em novembro passado, um requerimento oficial à CML pedindo esclarecimentos sobre as obras na EB1 Sampaio Garrido, que nunca tinham sido prestados. Passaram mais de 30 dias úteis sobre o envio do requerimento sem que tenha havido resposta oficial da CML, com exceção da resposta do Gabinete da Vereadora da Educação que dizia sobre o assunto:

“Informa-se que o mesmo merece a nossa melhor atenção e está a ser analisado em conjunto com o Departamento de Educação para uma resposta célere por parte do município”.

Já em janeiro, a APEE enviou novo e-mail para a CML a pedir resposta sobre o início das obras. No dia 12 de janeiro recebemos, da parte do gabinete da Vereadora Dra. Catarina Albergaria, a seguinte informação:

Por indicação da Sra. Vereadora, venho informar que aguardamos resposta por parte da Lisboa Ocidental, SRU – Sociedade de Reabilitação Urbana.”

A APEE Sampaio Garrido estranhou as informações divergentes que a CML apresentou. Ao agrupamento, a CML apresenta uma informação, com previsão do início das obras para Março. À APEE Sampaio Garrido, em resposta a um requerimento oficial, a CML diz ainda aguardar resposta de uma empresa municipal.

A APEE enviou novo e-mail para o Gabinete da Vereadora, com conhecimento para o Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, para a Presidente da Junta de Freguesia de Arroios, para a Diretora do Agrupamento de Escolas Nuno Gonçalves e para a Coordenadora da Escola Sampaio Garrido. Neste e-mail, a APEE expressou espanto e indignação pela ausência de resposta formal às questões enviadas no requerimento de novembro, reforçando mais uma vez a preocupação com os atrasos e com o tempo total que os alunos da Sampaio Garrido terão de partilhar o espaço com os da Escola D. Luísa de Gusmão. A APEE insistiu no envio de uma resposta oficial da CML às questões enviadas:

– Se foi aberto algum concurso para a empreitada de requalificação da Escola EB1 Sampaio Garrido, sita na Praça das Novas Nações.

– Em caso afirmativo, em que fase procedimental se encontra o processo, designadamente, se já foi feita a adjudicação, a consignação da obra e o prazo de execução da obra.

– Em caso negativo, se existe alguma previsão para a abertura de concurso para requalificação.

– Qual a data prevista de início das obras.

Ao longo dos últimos 15 meses, os Encarregados de Educação já receberam diversas informações provenientes da CML sobre o início iminente das obras. Em setembro de 2015 foi-lhes transmitido que as obras começariam no início do 3º período do passado ano letivo, depois seria em agosto/ setembro de 2016, e agora em março de 2017. Neste momento, continuamos sem saber quando se iniciam efetivamente as obras e quantos mais anos letivos partilharemos espaço com a Escola D. Luísa de Gusmão.

Olhar pela saúde nas escolas

Olhar pela saúde nas escolas

Programa de Saúde Escolar revela hábitos de alunos e investe em ações que abordam assuntos como a alimentação, os afetos, a sexualidade, a saúde mental. O relatório do ano letivo 2014/2015 foi divulgado pela Direção-Geral da Saúde e mostra o trabalho feito nas cinco regiões do país.

Não havia muitos alunos que escovavam os dentes na escola no ano letivo 2014/2015 e nem todos tinham o boletim de vacinas atualizado. Nesse ano, foram sinalizados 2060 casos de maus tratos e registados 50 590 acidentes escolares. Oitenta por cento das escolas cumpriam a restrição de fumar e 15% tinham coberturas de fibrocimento. O Norte e o Algarve investiram na educação para os afetos e a sexualidade. O Alentejo dedicou-se sobretudo à educação alimentar e Lisboa e Vale do Tejo à prevenção do consumo de tabaco. Estes são alguns dos resultados do relatório técnico do Programa de Saúde Escolar do ano letivo 2014/2015, elaborado pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Veja mais detalhes da notícia – aqui!

Alunos do 1.º ciclo são os que mais têm TPC

Alunos do 1.º ciclo são os que mais têm TPC

Os alunos do 1.º ciclo são os que têm mais trabalhos de casa (TPC) e o tempo médio despendido é de 15 a 30 minutos, conclui um inquérito feito a professores (69,5%) e a encarregados de educação (46,6%).

A segunda parte do estudo “A escola, a família e os trabalhos de casa“, realizado entre 8 e 29 de Novembro passado, e com uma amostra de 1614 inquéritos vem demonstrar que “todos os ciclos de ensino apontam os 15 a 30 minutos como duração média para a realização dos trabalhos de casa” e que são os professores do 1.º ciclo que atribuem com maior frequência TPC. Apenas 13,5% dos professores declaram nunca atribuem TPC no 1.º ciclo.

Veja mais detalhes da notícia – aqui!

Pai Natal distribuiu livros na Sampaio Garrido

Pai Natal distribuiu livros na Sampaio Garrido

O Pai Natal esteve na escola no dia 16 de dezembro e distribuiu os livros que a APEE Sampaio  Garrido conseguiu angariar através das doações dos pais, da JF Arroios e das editoras Raíz e Livros Horizonte. A APEE tinha pedido a colaboração de todos para que no Natal todas as crianças da escola pudessem receber pelo menos um livro! E o objetivo foi conseguido e até mesmo superado! Sobraram livros que serão oferecidos às bibliotecas escolares da Sampaio Garrido e da Luísa de Gusmão.

No último dia de aulas do 1º período, o Pai Natal e suas ajudantes da APEE apareceram e o entusiasmo das crianças foi enorme; e foi com grande alegria e confusão que o as prendas (livros) foram distribuídas.

collage natal 2016_1 collage Natal 2016_2

Depois da distribuição de livros houve Lanche Partilhado, no refeitório da escola. Os pais e as mães tinham trazido muitos comes e bebes e foi um lanche animado e barulhento, como não podia deixar de ser!

Pedibus precisa da sua ajuda – participe!

Pedibus precisa da sua ajuda – participe!

Desde 17 de Outubro que o Pedibus está a funcionar na Escola Sampaio Garrido. Todos os dias, em média, 12 crianças fazem o percurso da Praça Novas Nações até à Escola Luísa de Gusmão de uma forma divertida e acompanhados por pais e mães voluntários. Mas dado o número elevado de crianças é necessário pelo menos mais um adulto voluntário por dia. É por isso que precisamos da sua ajuda! Dê um pouco do seu tempo e colabore com este projeto. As crianças precisam de apenas 30 minutos (8h30-9h00)!

Se mais pessoas participarem todos sairão beneficiados e o grupo de crianças até poderá aumentar. E acredite, no final sentir-se-á mais bem-disposto/a e preparado/a para um dia de trabalho (para além de já ter feito exercício físico ). Partilhe um pouco de si e não deixe este projeto sem pernas para avançar! As crianças ficam a contar consigo. Inscreva-se no dia 11 de Janeiro de 2017 na reunião para os pais voluntários (18h15), ou enviando um correio electrónico para apsi@apsi.org.pt, ou junto da Profª Cristina Pereira, indicando o dia da semana para o qual está disponível.

Consulta de alunos no Inovar já está acessível

Consulta de alunos no Inovar já está acessível

Quer ter acesso a toda a informação escolar dos seus educandos? Agora já é possível fazê-lo “online“.

A plataforma Inovar já está acessível para os alunos da EB1 Sampaio Garrido. Esta é uma plataforma digital, online, onde o aluno e o encarregado de educação podem consultar informação pessoal que consta da base de dados. Pode aceder-se a informações sobre a vida escolar, avaliações, testes e outros instrumentos de avaliação, consultar os sumários das aulas, as faltas, informações disciplinares e muitas outras.

Para consultar informações sobre os seus educandos (do Agrupamento de Escolas Nuno Gonçalves) nesta plataforma, pode aceder à página do Agrupamento e clicar no link (em baixo à direita) que diz: “Consulta Alunos“. Ou pode aceder diretamente – aqui!

Uma vez na página de entrada da plataforma, deve inserir no 1º campo, o login, que corresponde ao nº de processo do seu educando, e no 2º campo, a senha, que corresponde ao nº do cartão de cidadão do seu educando. Caso não saiba o nº do processo do seu educando, consulte nas listas das turmas que estão afixadas na vitrina da escola EB1 Sampaio Garrido, no átrio da Escola D. Luísa de Gusmão. E anote na caderneta escolar, para não se esquecer!